Receita de Risoto de Escargot

Confira a Risoto de Escargot, um dos mais saborosos pratos do Guia da Culinária!

Ai como eu amo o Risoto de Escargot, espero que vocês amem essa receita tanto quanto eu:

Ingredientes do Risoto de Escargot:

Primeira Etapa: caldo au courtcur bovillon (aromatizante e pré-cozimento) 2 dúzias de escargots (500 gr) 1 litro de água 1 cenoura 1 cebola 1 talo de salsão 1 pedaço de toucinho (opcional ajuda a amaciar) Salsinha e cebolinha Segunda Etapa: 2 dúzias (500 gr) de escargots 30 gr de cogumelos secos re-hidratados 125 gr de manteiga sem sal 2 echalotes (espécie de cebola francesa) ou 2 cebolas roxas pequenas 3 dentes de alho 2 xícaras de arroz para risoto (ou arroz malequisado) (atenção não lavar o arroz) 125 gr de cogumelos frescos picados em cubos ½ xícara de vinho branco seco Queijo parmesão ralado à gosto

Salsinha para decoração

Modo de Preparo:

Primeira Etapa: Lavar duas dúzias (500 gr) de escargot frescos e ainda vivos com vinagre e sal grosso. Nessa operação vai sair um musgo, a helicina, de aparência viscosa. Repetir a lavagem três vezes. Na última lavagem deve restar apenas um pouco, ou nada, dessa substância gelatinosa. Cozinhar todos os ingredientes juntos por cerca de 1h30. Reserve. Para retirar o escargot de sua concha Pegue um garfinho de duas pontas ou agulha de crochê. A partir da base da concha enfie a agulha na carne e rode no sentido anti horário. Atenção para escargot fresco e vivo, deve-se deixá-lo por 5 dias em jejum servindo apenas água. Esta etapa é fundamental para que a carne fique limpa e sem impurezas. Para escargot congelado, pode ser feito um pré-cozimento mais simples, apenas usando caldo de galinha ou de carne como base. Segunda Etapa:

Picar o echalote ou cebola roxa e o alho. Refogar na manteiga. Guarde um pouco da manteiga para o final da receita. Adicionar o escargot pré-cozido. Adicionar o queijo e o arroz especial, sempre mexendo. Colocar o vinho e mexer até evaporar quase tudo. Aos poucos coloque o caldo au courtcur bovillon (o aromatizante) que deve estar na mesma temperatura do arroz. À medida que o risoto for secando, vai se adicionando mais caldo. Dica ao final adiciona-se o restante da manteiga. Com isso o prato terá um brilho próprio da comida dos grandes chefes da comida internacional. Decorar com salsinha crua. O risoto de escargot à la maretti deve sair direto do fogão para a mesa. Deve ser servido quentíssimo e acompanhado de um bom vinho, de preferência um branco-seco.

Para mais receitas assim, não deixe de visitar o Guia da Culinária!

Carregando suas receitas…

0